Os efeitos colaterais dos antidepressivos podem envolver as três fases do ciclo sexual: desejo, excitação, e prazer. Idade acima de 50 anos, tabagismo, e uso de álcool, por exemplo, aumentam a o risco de desenvolvimento desses efeitos indesejáveis. É importante conversar com o médico responsável pelo tratamento a respeito disso, pois há estratégias que podem ser adotadas para minimizar o desconforto. De acordo com a avaliação de cada caso, é possível trocar o antidepressivo e/ou associar “antídotos”, medicamentos que podem ajudar a aliviar os efeitos colaterais.