Vivemos hoje sob uma grande demanda cotidiana de compromissos, assimilação de novas informações, “pronta resposta”, e com isso nos sentimos sobrecarregados. Tudo contribui para aumentar o estresse e, para lidar com isso, é importante adotar estratégias para administrar o tempo. Algumas medidas práticas ajudam: estabelecer prioridades, planejar, e tomar decisões de forma assertiva.

Como estabelecer prioridades? Uma estratégia é criar uma lista com objetivos de curto, médio e longo prazo. A lista de objetivos pode ser dividida entre vida pessoal, profissional, esportiva, planejamento financeiro, de acordo com as suas necessidades. Os objetivos podem ser organizados de acordo com a prioridade, e as listas assim serão atualizadas mensalmente.

Além de estabelecer prioridades, é importante planejar o dia-a-dia para não desperdiçar tempo no trânsito, telefone, internet, etc… Programar antecipadamente a agenda, com as atividades distribuídas entre os períodos do dia (manhã, tarde e noite), deixar o celular de lado, e programar os intervalos para acessar as redes sociais, tudo ajuda a melhorar a produtividade.

E a tomada de decisões? Claro que isso envolve aspectos muito pessoais. Mas definir as áreas de conflito e avaliar aquelas que se quer mudar, apesar das dificuldades, é importante. Nesse processo, é fundamental levar em conta os prós e contras de qualquer decisão, seja de manter a situação atual, ou muda-la. Considerando o pior panorama, como seria enfrenta-lo?

As dicas acima não substituem a orientação de um profissional de saúde, que poderá indicar o melhor caminho, caso a caso.

Fonte:

Manual de relaxamento e redução de stress. Davis et al. Summus Editorial, 1982.