Na depressão unipolar,  que pode acontecer em um episódio único ou em mais de um episódio ao longo da vida  (transtorno depressivo recorrente), o indivíduo apresenta episódios depressivos que se alternam com períodos livres de sintomas. Daí o termo “unipolar”: a alteração de humor se dá para o polo depressivo. Já no transtorno bipolar, observamos a alternância de episódios depressivos e episódios de hipomania ou mania, intercalados por períodos livres de sintomas. O termo “bipolar” descreve, então, a oscilação do humor para os dois polos, a depressão e a mania (ou hipomania). Os portadores de transtorno bipolar podem, ainda, apresentar episódios mistos, nos quais observamos uma combinação de sintomas de depressão e de mania ao mesmo tempo.